• Palmas - TO, 14.04.2024

Vôlei de Praia Feminino do Colégio Militar do Tocantins Custódio Pedreira, de Porto Nacional, medalha de bronze série bronze TO 2 x 0 PA

  • Esportes
  • 03/11/23 19:10
  • Lenna Borges/ Governo do Tocantins

Delegação do Tocantins encerra primeiro bloco dos Jogos Escolares Brasileiros com 13 medalhas

Os estudantes-atletas tocantinenses do primeiro bloco dos Jogos Escolares Brasileiros (JEBs) retornam ao Estado nesta quarta, 1⁰ de novembro, com 13 medalhas conquistadas nas séries prata, bronze e cobre, nas modalidades de Vôlei de Praia Feminino, Basquete Feminino, Judô, karatê, Atletismo, Atletismo Adaptado, além da classificação do Futsal Feminino e Masculino entre os seis melhores do Brasil, na divisão ouro, categoria 12 a 14 anos.

O segundo bloco da delegação tocantinense embarca nesta quinta-feira, 2. Os JEBs estão sendo realizados em Brasília- DF e prosseguem até o dia 8 de novembro.

As duas últimas medalhas da delegação tocantinense do primeiro bloco, finalizado pelas disputas das modalidades coletivas, foi uma foi do Vôlei de Praia Feminino do Colégio Militar do Tocantins Custódio Pedreira, de Porto Nacional, que conquistou a medalha de bronze, da série bronze, contra o time do Pará, por 2 x 0. E a outra do Basquete Feminino da Escola Municipal Anne Frank, de Palmas, também de bronze, mas na série cobre, ao vencer a equipe de Sergipe por 27x15.  

Além das medalhas, os tocantinenses também ficaram entre os dez melhores do país, subindo para a divisão ouro. 

O Futsal Feminino da Escola Estadual Indígena Tekator, de Tocantinópolis, terminou a competição em 5º lugar na série ouro, ao vencer a equipe do Pará, pelo placar de 3 x 0. Já o masculino do Centro Educacional Frei Antônio, de Tocantínia, perdeu de 6 x 3, também para o time do Pará e ficou em 6º lugar na classificação geral da série ouro. 

Já o Vôlei de Praia Masculino da Escola Arte de Crescer, de Araguatins, terminou a competição em 7º lugar na série prata ao vencer a equipe do Espírito Santo. E o Basquete Masculino da Escola Municipal Anne Frank, de Palmas, também encerrou sua participação em 7 ⁰ lugar na série Prata ao vencer a equipe da Bahia pelo placar de 21 x 17.

Os estudantes-atletas Josiel dos Santos e Monik da Silva, do Colégio Estadual Elesbão Lima, de Dueré, ficaram entre os cinco melhores do Brasil de 12 a 14 anos, com a conquista do 5⁰ lugar na série ouro, no Arremesso de Peso. E no Atletismo Adaptado, Isabella Cristinna Castro, da Escola Estadual Onesina Bandeira, de Miracema do Tocantins, conquistou o 5⁰ lugar no Salto em Distância.

Para o presidente do Comitê Organizador Estadual (COE) da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), e chefe da Delegação tocantinense, Leonardo Bernardes, o Tocantins no geral fez uma excelente competição nas modalidades do primeiro bloco. "Tivemos medalhas nas séries prata e na bronze, e além disso a entrega e a dedicação dos atletas e técnicos de todas as modalidades, no futsal ficamos entre as seis melhores equipes escolares do Brasil, para chegarem na série ouro fizemos bons jogos contra equipes de tradição isso demonstra que o nosso futsal teve uma grande evolução, o nosso desporto escolar está numa crescente em todas as modalidades. Tivemos medalhas no Atletismo e em modalidades novas no nosso estado (lutas) que a gente vem trabalhando e agora colhendo alguns resultados positivos e com certeza para os próximos anos nós teremos mais equipes e atletas competindo na série ouro nas modalidades do Bloco 1".

Leonardo Bernardes também ressaltou o crescimento do nível técnico dos atletas. "A grande diferença que nós percebemos na competição é o volume de jogos dos atletas que treinam em clubes e também nas escolas, enquanto nós treinamos as nossas equipes somente nas escolas e jogamos menos na fase preparatória visando o JEBs. Então isso ainda é um diferencial que fizeram nossas equipes de futsal ficarem um pouquinho para trás na série ouro, o feminino em 5º lugar e o masculino em 6º lugar. E isso já está sendo analisado pela Superintendência de Desporto Escolar para que possamos melhorar ainda mais os níveis das nossas equipes e atletas dentro do estado e com certeza continuaremos competindo com igualdade na série ouro nos eventos escolares futuros e visando títulos para o nosso estado, isso é um compromisso do Governo do Tocantins".

Quadro de medalhas

No Atletismo, o estudante-atleta David Samuel Santana, da Escola Estadual XV de Novembro, de Tocantinópolis, conquistou bronze na série prata, na modalidade de Lançamento de Dardos.

E no Atletismo Adaptado, foram quatro medalhas, duas foram conquistadas pela estudante Vitória Castro Costa, da Escola Estadual Rezende de Almeida, de Itapiratins, com uma de prata, da série prata, nos 80 metros, e uma de bronze, da série prata, no Arremesso de Peso. E duas pelo estudante-atleta da Escola Estadual Onesina Bandeira, de Miracema do Tocantins, Breno Campelo Glória, uma medalha de ouro, da série prata, nos 80 metros e bronze, na série prata, no Salto em Distância.

No Judô, foram três medalhas de bronze da série prata com Cinthia Alves, categoria -44kg, do Cemil ETI Professora Margarida Lemos Gonçalves, Ana Julia Ramos Ruiz, do Colégio Marista de Palmas, categoria -58kg, e Emily Sofia Ferreira Skreny, categoria -53kg, da ETI Anísio Spínola Teixeira, todas de Palmas.

No Karatê, foram três medalhas de bronze  conquistadas pelos irmãos da Escola Paroquial Cristo Rei, de Tocantinópolis, Ana Lua Alves Salviano, categoria -42 kg, e Paulo José Alves Salviano, categoria -52 kg e Murilo Noleto, da  Escola Educandário Objetivo, de Araguaína.

O Basquete Feminino, da Escola Municipal Anne Frank, de Palmas, levou medalha de bronze na série cobre. E o Vôlei de Praia Feminino do Colégio Militar do Tocantins Custódio Pedreira, de Porto Nacional, conquistou Medalha de bronze na série bronze.

O técnico do Vôlei de Praia Feminino, professor Jeremias Silva, disse que foi muito bom participar mais uma vez dos Jogos Escolares Brasileiros. "Foi um bom resultado, conseguimos ficar em 3⁰ lugar na série bronze. Estamos muito felizes, subimos algumas posições em relação ao ano passado, quando ficamos em 26º e neste ano a gente ficou em 19⁰. Eu acho que isso é muito importante. Além da premiação, a gente está sempre subindo, melhorando no ranking, é bom para o Estado, bom para o esporte, é bom para o vôlei de praia".

 

Professor e técnico da equipe de Vôlei de Praia, Jeremias Silva ficou satisfeito com a medalha de bronze - Foto:  Lenna Borges/Governo do Tocantins 
 
Futsal Masculino do Centro Educacional Frei Antônio, de Tocantínia, ficou em 6º lugar no nacional - Foto:  Lenna Borges/Governo do Tocantins