• Palmas - TO, 24.09.2021

  • Polícia
  • 27/08/21 16:47
  • Divulgação

Empresários são presos durante “Operação Estorno” da Polícia Civil do Tocantins

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da Divisão Especializada de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC), com apoio da Polícia Civil de São Paulo, Distrito Federal e Minas Gerais, realizou nessa quinta-feira, 26, a Operação Estorno que combate crimes cibernéticos. De acordo com as investigações da polícia, os criminosos utilizavam cartões clonados para pagar faturas de energia, água, telefone e até mensalidade de faculdades.

Dois mandados de prisão foram cumpridos, além de cinco mandados de busca e apreensão realizados. O objetivo da operação foi desmantelar a organização criminosa que agia realizando o pagamento de boletos de maneira irregular. Os suspeitos utilizavam perfis falsos na internet, com imagens de pessoas reais e ofereciam os serviços.

Várias máquinas de cartões foram apreendidas, assim como cartões com chips, computadores e celulares. Os materiais foram encaminhados para a perícia. Os suspeitos presos são empresários que trabalhavam em Palmas e não tiveram os nomes divulgados. A operação deve continuar nos próximos dias.

De acordo com o delegado adjunto da DRCC, Claudemir Luiz Ferreira, há pelo menos oito meses a polícia investiga a organização criminosa. “O trabalho foi intensificado até chegarmos aos suspeitos. As investigações continuam a fim de identificarmos mais envolvidos”, apontou Claudemir.