• Palmas - TO, 13.04.2021

Ciopaer foi acionado para fazer o resgate na manhã deste domingo, 28, e conseguiu localizar o indígena de 26 anos.

  • Polícia
  • 29/03/21 12:37
  • Divulgação

Indígena Karajá desaparecido há três dias na Ilha do Bananal é resgatado pela aeronave Tocantins 01 do Ciopaer

 

 Na foto, a equipe do CIOPAER, Tekuwala (camisa amarela) e o cacique Izac Karajá da Aldeia Fontoura, que participou das buscas. 

Acionada na manhã deste domingo, 28, para auxiliar no resgate de um indígena da etnia Karajá, na Ilha do Bananal, a Diretoria do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER), vinculada à Superintendência de Segurança Integrada da Secretaria da Segurança Pública (SSP-TO), permaneceu na região até segunda-feira, 29, quando conseguiu concluir a missão com sucesso.

Depois de três dias perdido, o índio Tekuwala karajá, 26 anos, foi encontrado em uma área de mata e entregue a seus familiares na Aldeia Santa Izabel. Em razão do indígena apresentar sinais de debilitação, a tripulação do CIOPAER ofereceu levá-lo até a unidade de saúde mais próxima. Porém, o cacique da Aldeia disse que não era preciso e que a própria família cuidaria do rapaz.

Conforme o diretor do CIOPAER, major Gustavo Bolentini, o resgate foi realizado a partir de informações dos próprios indígenas de que na mata havia um possível abrigo. Enquanto o CIOPAER realizava as buscas pelo ar, em solo uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar buscava também localizar o indígena.

Tekuwala Karajá e um amigo foram a uma festividade na aldeia vizinha. Na volta, a motocicleta em que estavam deu um problema. O amigo voltou para arrumar o veículo e disse para Tekuwala que o esperasse no local. O indígena resolveu não esperar e ir caminhando e acabou se perdendo.