• Palmas - TO, 28.09.2020

Dicas são as primeiras de vários temas que a Secretaria Especial do Esporte abordará para levar informações aos idosos que os ajudem a atravessar o período de quarentena

  • Esportes
  • 12/05/20 20:56
  • Agência Brasil

Conheça exercícios adequados para idosos fazerem em casa no período de isolamento social


A epidemia do COVID-19 mudou a rotina de praticamente todo o planeta. E, particularmente, afetou a vida de centenas de milhões de idosos, que estão no principal grupo de risco do novo coronavírus. Com academias, parques e clubes fechados e com projetos sociais suspensos, os exercícios físicos e atividades rotineiras, como caminhadas, acabaram prejudicadas.

Isso não quer dizer que, mesmo dentro de casa, os idosos não possam se exercitar. Preocupada com a situação, a Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, por meio do Programa Vida Saudável, na modalidade Estratégia Brasil, vai abordar, nesta e nas próximas semanas, diversos aspectos referentes às consequências da quarentena na vida dos idosos. O objetivo é buscar conselhos ou dicas de especialistas que possam amenizar efeitos negativos do isolamento social. 

“Todos sabemos que os idosos estão entre os grupos mais vulneráveis desta pandemia do COVID-19. Então, nossa preocupação dentro da Secretaria Especial do Esporte foi pensar em uma ação de comunicação que pudesse levar vários tipos de informações a esse grupo, sobre diversos assuntos, de modo a ajudá-los a atravessar esse período difícil da melhor maneira possível”, explica Marcelo Magalhães, Secretário Especial do Esporte. 

“Toda a sociedade está sofrendo com essa pandemia, mas os idosos merecem atenção especial. Foi por isso que pensamos em produzir uma série de reportagens, vídeos, infográficos e outras ações para tratar de diversos assuntos que afetam a vida deles. Sabemos que estar em casa, longe dos familiares e dos amigos, é difícil. Mas existem atividades que podem ser feitas dentro de casa e queremos levar essas opções para que eles tenham mais qualidade de vida durante esse isolamento”, reforça Fabíola Molina, secretária Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (SNELIS) da Secretaria Especial do Esporte. (Agência Brasil)